Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Tipos de taxas de juro

As taxas de juro podem tomar várias designações, conforme os vários aspectos que as condicionam. Assim um taxa líquida de impostos é bastante diferente da taxa bruta. A primeira é o real valor que depositário individual irá receber, a taxa bruta é o percentagem total que o capital é renumerado. Às taxas de juro também podem ser adicionados outros custos para poder comparar os diferentes protudos de crédito, por exemplo: comissões e ou seguros. O que irá refletir da taxa o valor efectivo que terá o custo do capital

Os diferentes tipos de taxas de juro que podemos encontrar:

Taxa de juro fixa

Valor percentual que se mantém inalterado durante o prazo previsto no contrato. Fornece um grau de segurança elevada face ao futuro já que não existe volatilidade. Normalmente é superior às taxas variáveis.

Taxa de juro variável

Tal como indica, vai variando ao longo da vida do contrato, de acordo com as alterações verificadas no valor do indexante, que varia, por sua vez em função do respectivo prazo de referência. O principal indexante em  Portugal é a EURIBOR.

Formas que as taxas de juro podem tomar: aplicações passivas e activas:

Taxa Anual Nominal Bruta – TANB

Taxa de juro que corresponde à percentagem da remuneração do capital em termos brutos. É a taxa utilizada nos prospectos de produtos de depósito. Representa o custo para a entidade bancária.

Taxa Anual Nominal Líquida – TANL

Taxa de juro que corresponde à percentagem da remuneração do capital em termos líquidos. Ou seja, não inclui impostos. É a percentagem que multiplicada pelo capital revela o valor em termos monetários da compensação pelo investimento ou depósito.

Taxa Anual Efectiva – TAE

Taxa de juro nominal contratada que mede todos os custos associados ao empréstimo, incluindo, para além dos juros, outros encargos associados, nomeadamente comissões e seguros exigidos.

Taxa Anual Efectiva Revista  -TAER

Corresponde à TAE do empréstimo com os possíveis custos associados e de  aquisição opcional, contratados em simultâneo com o empréstimo, de outros produtos e serviços financeiros.

Taxa Anual Nnominal – TAN

Taxa de juro que corresponde, no caso do empréstimo a taxa variável, ao valor do indexante mais o spread.

Taxa Anual Efectiva Global  – TAEG

Taxa de juro que incorpora todas as despesas de cobrança de reembolsos e pagamentos de juros, na construção desta taxa são incorporados todos os custos as suportar, nomeadamente: Imposto de selo, seguros, comissões e despesas de contratualização do crédito.

Subscrever actualizações

rss

Comentários



AVISO:Todos os artigos publicados no blogue bancario.pt são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento financeiro.