Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Utilizar o cartão de crédito, uma vantagem segura

A utilização dos cartões de crédito foi sempre geradora de dúvidas e incertezas, muito devido às surpresas desagradáveis no pagamento dos saldos em dívida e também às burlas que foram cometidas contra os seus utilizadores nos primeiros anos de vida deste tipo de meio de pagamento. Se no primeiro caso o motivo eram as altas taxas de juro praticadas e depende apenas de si para não ter de as suportar, no segundo caso foram os emitentes do cartão que resolveram os problemas de segurança dos cartões de crédito.

Fraccionamento do cartão de crédito

A definição diz-nos que o fraccionamento do pagamento é a repartição da liquidação do saldo, assim pagará apenas uma percentagem do valor em dívida, o valor restante transitará para o mês seguinte.

É uma das características ou vantagens dos cartões de crédito que não deve ser utilizada, pois irá encarecer todas as suas compras/pagamentos efectuados, exceptuando determinadas situações, bastante raras, pois alguns cartões de crédito já têm taxas de juro abaixo das praticadas pelo crédito ao consumo.

Regra geral não as taxas de juro associadas aos cartões de crédito são elevadas quando se opta por fasear o pagamento do saldo em dívida, caso utilize esta particularidade dos cartões de crédito saiba também que este facto reduz o limite de crédito do cartão no valor pelo valor que está em dívida. Assim se o seu cartão de crédito tem com limite 500 Euros, efectuar compras no valor de 250 Euros e optar por pagar 10 % do saldo do cartão, pagará apenas 25€ mais os juros correspondentes. No mês seguinte terá um limite de crédito no cartão de 275 Euros, (500-225).

O fraccionamento dos pagamentos das dívidas do cartão de crédito, é o erro mais comum dos utilizadores menos informados ou esclarecidos e que poderá custar muitos Euros, pois as taxas de juro cobradas são por norma altas, quase sempre acima dos 10%.

Pagamento do cartão de crédito

O pagamento total do saldo do cartão no final de cada período é obrigatório, caso não o consiga fazer, o melhor é mesmo entregar o cartão de crédito, a utilização do cartão de crédito não é aconselhada a quem não não sabe tirar partido das suas vantagens, para não sobrecarregar o seu orçamento familiar com custos de crédito altos.

Utilizar o cartão de crédito com divisão dos pagamentos será um erro na maioria dos casos e também para a maioria das taxas de juro praticadas nos cartões de crédito mais utilizados.

Os cartões de crédito foram no passado vítimas de fraudes, contudo as medidas de segurança são cada vez mais também tornam o cartão de crédito mais seguro.

Medidas de segurança nos cartões de crédito:

Os emitentes dos cartões desenvolveram várias medidas de combate à fraude, assim é cada vez mais segura a sua utilização.

O Chip de segurança é uma protecção extra do cartão de crédito, que disponibiliza informação encriptada sobre o próprio cartão de crédito e a conta associada. Todos os cartões de crédito vêm já equipados com este sistema.

Código de segurança – Actualmente é necessário colocar o código de segurança de 4 dígitos, em vez da tradicional assinatura, pois assim é mais seguro. O vendedor terá de possuir um terminal ATM, caso contrário é o utilizado o processo anterior de passar o cartão através de papel químico.

As entidades emissoras dos cartões de crédito disponibilizam seguros por uso fraudulento, em casos de roubo, furto, extravio ou perda, contudo deverá comunicar sempre o quanto antes o ocorrido, para que sejam tomadas medidas de bloqueio do cartão.

É seguro e vantajoso utilizar um cartão de crédito.

Subscrever actualizações

rss

Comentários



AVISO:Todos os artigos publicados no blogue bancario.pt são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento financeiro.