Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Vantagens e desvantagens do microcrédito

Independentemente da finalidade, os empréstimos têm sempre um lado bom e um lado mau como, de resto, sucede em qualquer âmbito da vida. O que importa é verificar se os benefícios superam os malefícios, pois é a partir do resultado saído do balanceamento desses dois pólos antagónicos que se poderão retirar conclusões relativas à sua utilidade.

Dito isto, conheça as vantagens e desvantagens do microcrédito.

Vantagens do microcrédito

– Este género de empréstimos tem como principal objectivo financiar ideias que de outra forma dificilmente teriam oportunidade de serem concretizadas, o que representa sem dúvida uma notável mais-valia a ter em conta quando se fala de microcrédito;

– A natureza destes financiamentos está ligada à necessidade de criar emprego e riqueza para a economia local afecta ao negócio apoiado mas a inclusão laboral que proporciona a quem de si retira o sustento é indubitavelmente um dos pontos a realçar pela positiva. Mais do que um subsídio condescendente, o microcrédito abre caminho a um posto de trabalho para aqueles que por uma qualquer razão perderam ou abdicaram do seu, assumindo-se assim como um recurso capaz de mudar a vida de muitas pessoas;

– O microcrédito não só abre as portas do financiamento a quem as viu fechadas como faculta aos menos entendidos um acompanhamento especializado que orientará o solicitador no bom caminho através de sugestões úteis de desenvolvimento, crescimento e implementação do que é necessário para o sucesso do projecto, auxílio de gestão que tem um valor incalculável para quem dele não poderia usufruir se assim não fosse.

Desvantagens do microcrédito

– O reembolso dos valores utilizados continua a ser necessário, pois trata-se de um crédito, logo, não é uma dádiva mas sim um serviço prestado em troca da remuneração considerada justa pelo que é concedido;

– Embora possuidor de custos substancialmente mais vantajosos face ao comum dos financiamentos também implica o pagamento de juros, comissões e outras despesas. E como os gastos adicionais raramente são vistos de bons olhos, tal significa um ponto desfavorável no cômputo geral;

– Outra das desvantagens destes tipos de empréstimos é na verdade algo inerente à sua divulgação, não correspondendo, por isso, a um aspecto negativo propriamente dito. No entanto, é um aspecto que merece ser frisado pela negativa, dado que perverte o intuito dos mesmos: apoiar o máximo possível de projectos com vista a dinamizar a economia e criar emprego. Nesse sentido, a falta de informação e conhecimento da sua existência acaba por ser uma desvantagem.

Subscrever actualizações

rss

Comentários



AVISO:Todos os artigos publicados no blogue bancario.pt são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento financeiro.